SEMPRE BRIOSA

Briosa... se jogasses no céu, morreria só para te ver jogar!

domingo, 1 de outubro de 2006

A LADAINHA DE SEMPRE...











«É difícil estar a falar com vocês nesta altura em que é preciso suportar mais um desempenho nada brilhante da Académica.
O Nacional foi mais maduro e estruturado, e leva de Coimbra os três pontos de forma meritória. Entrámos relativamente bem, fizemos um bom golo e depois poderíamos ter marcado pelo Gelson e pelo Filipe Teixeira.

O jogo seria diferente, mas o Nacional acabou por empatar numa grande penalidade. Aí, a sombra do passado reapareceu. É o quarto jogo em que temos vantagem sobre um adversário e acabámos por perdê-la. Esse factor é o que emerge nesta fase de crise.
É preocupante a incapacidade manifestada na gestão das vantagens que obtemos. Depois, as expulsões impossibilitaram qualquer reacção.

A nossa situação deve-se a múltiplos factores. Temos que reflectir seriamente sobre tudo o que nos afecta. A nossa capacidade para equilibrar a luta do meio-campo, algo decisivo, foi má, frente a uma equipa que tem jogadores de grande qualidade nessas posições. Esse foi hoje um dos factores.»

Manuel Machado

0 comentários:

Enviar um comentário

<< Home