SEMPRE BRIOSA

Briosa... se jogasses no céu, morreria só para te ver jogar!

domingo, 1 de abril de 2007

"Há pessoas apostadas em desestabilizar"



«Ainda hoje, dia de jogo, foi anunciado mais um candidato à presidência do clube. Antes disso, falou-se do Dauto Faquirá para treinador e mais não sei quê. Algumas pessoas, que se dizem coimbrãs e academistas, em vez de estarem caladas e ajudarem a equipa com tranquilidade, parecem estar apostadas em fazer tudo para desestabilizar.

Acrescentámos um ponto ao nosso pecúlio e isso é positivo. É verdade que um nosso adversário [V. Setúbal] ganhou, mas as questões classificativas vêem-se no final do Campeonato. Os balancetes valem o que valem.

Este jogo, não tendo sido um primor, mostrou por que vale a pena vir ao futebol, pelo espectáculo, por ter sido uma partida aberta e com muitas oportunidades. A primeira parte foi mais cerebral e equilibrada, já a segunda ficou marcada por uma decisão ridícula da parte de quem deve ajuizar os lances.

Quando o Kaká faz a falta, o Litos estava no enfiamento da jogada, pronto a fazer a cobertura e, nestas circunstâncias, a lei determina cartão amarelo. Houve uma leitura levada ao extremo da parte do árbitro. Apesar disso, o segundo tempo mostrou uma Académica mais eficaz em todos os aspectos, que não se encolheu, criou vários momentos para marcar e, apesar de aceitar o resultado, se alguma equipa deveria ter sido premiada com os três pontos, era a nossa.»

Manuel Machado

Ó meu caro, Manuel Machado, estando de acordo com as suas queixas e lamentos, também lhe pergunto como é que o meu amigo classificaria a sua postura ao decidir apoiar publicamente um candidato a presidente de um clube - no caso o Vitória de Guimarães - no qual não está neste momento a trabalhar?

0 comentários:

Enviar um comentário

<< Home