SEMPRE BRIOSA

Briosa... se jogasses no céu, morreria só para te ver jogar!

domingo, 16 de dezembro de 2007

Persistência



Domingos Paciência:

«Como tenho vindo a dizer, esta equipa precisava de ganhar para que os jogadores comecem cada vez mais a acreditar neles próprios. Esta foi a vitória da persistência, de uma Académica que acreditou até ao fim, embora com um jogo não tão bem conseguido como nos últimos, mas foi um triunfo justo porque fomos a equipa que mais procurou os três pontos.

Nem sempre o fizemos da melhor forma, contudo, foi um justo prémio para os meus jogadores. Esta equipa sabe que terá de sofrer muito até ao fim do Campeonato, terá de fazer muitas vezes aquilo que fez hoje: acreditar, impor o ritmo de jogo, e não ter medo de tentar. É essa Académica que vamos ter, embora saibamos que nem sempre é possível fazê-lo.

Se não sofrermos golos, ficamos mais perto da vitória e hoje estivemos bem a defender e tivemos a felicidade de marcar um golo. Temos uma equipa jovem, ambiciosa, à qual nada de pode apontar em temos de empenho e entrega.

[Cris ganhou um lugar no onze?] Como sabem, há vários factores que determinam a titularidade de um jogador, como as características do adversário ou o seu desempenho ao longo da semana. Hoje jogou o Cris, para a semana pode ser outro. Ele esteve bem, assim como Nuno Piloto Felizmente para eles, assim como para a equipa, que conseguiu ganhar.

[Saudades de NDoye, que está lesionado?] Penso que não. Tivemos 20 minutos muito bons, depois uma quebra a meio da primeira parte, e depois voltámos a dominar. Com o NDoye ou sem ele, o Joeano ou o Gyano, o que interessa é que a equipa esteja bem.»

Etiquetas:

0 comentários:

Enviar um comentário

<< Home