SEMPRE BRIOSA

Briosa... se jogasses no céu, morreria só para te ver jogar!

sábado, 12 de abril de 2008

Poderia ter sido uma vitória mais dilatada...



Fica na história como o treinador que vence na Luz mais de cinquenta anos depois

«É evidente que é um motivo de satisfação. A vitória que aconteceu aqui não acontecia há 54 anos, mas mais importante é a forma como estes jogadores trabalharam e estiveram aqui hoje, de forma humilde e organizada. Acaba por ser uma vitória justa.

«Na primeira parte pedi aos jogadores que subissem mais o bloco e pressionassem, pois era aí que o Benfica tinha dificuldades. E quando o Benfica não conseguia meter bola nos laterais, para esticar o jogo, essa pressão ia tornar as coisas ainda mais difíceis para o Benfica, porque estar a ganhar 2-0 era um resultado traiçoeiro.

Imaginou ganhar na Luz por 3-0?


«Disse que era difícil, mas que não era impossível vencer. Neste jogo a responsabilidade era do Benfica, porque está a lutar pelo segundo lugar. Só pedi aos meus jogadores que fossem a equipa organizada que têm sido e que um dia a vitória apareceria. Pela forma como trabalham, já estivemos perto da vitória. Hoje tivemos quantidade de jogo e finalizámos. Foi um prémio para estes jogadores.

Sentiu a desorientação do Benfica e passou essa mensagem aos jogadores?


«O jogador inteligente é aquele que aproveita os momentos maus do adversário. O Benfica sentiu que estava com dificuldades para criar jogo, os meus jogadores são inteligentes e anularam o adversário.»

«O primeiro golo acaba por ditar o desenrolar de todo o jogo. A partir desse momento, o Benfica foi mais intranquilo. Antes do 2-0 ainda tivemos uma ocasião, mas o golo aparece quando o Benfica entra na partida.»

Como treinador jovem que importância tem entrar na história de um clube como a Académica?


«É um clube especial e que tem um carinho especial das pessoas. Estou aqui para conseguir os melhores resultados. Este é importante pela altura em que se está no campeonato.»

É a primeira vez que a Académica marca três golos na Luz, sabia?


«E mais golos poderia ter feito. O Benfica podia ter marcado, mas nós também podíamos ter aumentado. Fico contente, estes jogadores ficam na história.»

«Há que dar os parabéns a Paulo Baptista pelo jogo que fez. Dei-lhe os parabéns, porque infelizmente vamos continuar a bater na mesma tecla, a culpar os árbitros. Eu também assumo que já critiquei, porque me senti prejudicado em certas alturas. Mas parabéns a Paulo Baptista.»

Etiquetas:

0 comentários:

Enviar um comentário

<< Home