SEMPRE BRIOSA

Briosa... se jogasses no céu, morreria só para te ver jogar!

domingo, 19 de abril de 2009

OLARÁPIO BENQUERENÇA DECIDIU ESTE JOGO!

Académica - FC Porto, 0-3



Que dizer de um jogo onde os nossos jogadores estavam a ser os melhores, jogando de modo, abnegado, sério, honesto e empenhado, até ao momento em que um ladrão de apito na boca penalizou todo esse esforço, roubando-nos uma grande penalidade mais do que evidente, mesmo antes do intervalo, logo num momento crucial?

Enquanto o futebol português continuar a ser a quintinha dos mesmos, em que mais ninguém possa sequer ousar ter algum retorno do seu mérito desportivo, os estádios continuarão a ter cada vez menos público, os sponsors afastar-se-ão desta mentira e os ordenados em atraso serão cada vez mais frequentes.

Se é este o panorama que se quer para o futebol nacional então cada vez mais creio que a nossa Briosa está a mais neste lamaçal, nojento, sujo e podre!

Pelo esforço, pela dignidade e pela forma como defenderam o nosso emblema contra 14, apenas vos digo: foram uns bravos rapazes!


Estádio Cidade de Coimbra
Árbitro: Olegário Benquerença (Leiria)

ACADÉMICA

Peskovic; Pedrinho, Amoreirinha, Orlando e Pedro Costa; Cris, Nuno Piloto e Tiero (Licá); Lito (Madej), Saleiro (Éder) e Miguel Pedro.

Suplentes não utilizados: Rui Nereu, Berger, André Fontes e Diogo Gomes.

Treinador: Domingos Paciência

FC PORTO

Helton; Sapunaru, Rolando, Bruno Alves e Cissokho; Fernando e Raul Meireles; Mariano, Hulk, Lisandro e Rodríguez.

Suplentes: Nuno, Farías, Guarín, Pedro Emanuel, Stepanov, Tarik e Tomás Costa.

Treinador: Jesualdo Ferreira

Golos: Rolando, Lisandro e Mariano.


Nuno A.

Etiquetas:

0 comentários:

Enviar um comentário

<< Home