SEMPRE BRIOSA

Briosa... se jogasses no céu, morreria só para te ver jogar!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

RESULTADO FALSO COMO JUDAS

FC Porto - Académica, 1-0



Que jogo tão ingrato: dominámos durante grande parte dos 90 minutos, jogámos de igual para igual, criámos inquietação aos adeptos portistas, falhámos oportunidades e no final ganha o FC Porto com um golo fortuito.

Os nossos jogadores foram extraordinários na entrega ao jogo, deixaram tudo em campo, suaram dignamente a camisola e foram sempre melhores do que o adversário.

Perdemos, que me lembre, três oportunidades claríssimas de golo, tendo ficado na retina o lance em que Vouho, com o golo à sua mercê, atirou na direcção de Nuno. Foi pena...

Nota de destaque para o facto do nervosismo na casa portista ser tanto que Jesualdo, quase a pedido dos adeptos, teve que colocar em campo Silvestre Varela e Ruben Micael.

A mãozinha habilidosa de Pedro Proença também foi decisiva no desfecho desta meia-final já que quase no período de descontos roubou-nos uma grande penalidade, tendo havido um atropelamento claro a um jogador nosso na área portista. Não teve coragem de marcar penalty no Estádio do Dragão com o resultado em 1-0.

Pese embora todas essas adversidades a Académica foi de uma dignidade extrema e sem facciosismo digo mesmo que foi superior, tendo caído de pé.

Bravos jogadores e grande André, sem esquecer obviamente um aplauso aos nossos maravilhosos adeptos que apoiaram a equipa no estádio!
__________________________________________________________________________________

Estádio do Dragão, no Porto
Árbitro: Pedro Proença (AF Lisboa)

FC PORTO

Nuno, Miguel Lopes, Nuno André Coelho, Bruno Alves (Maicon, 60m) e Alvaro Pereira; Tomás Costa, Guarín e Valeri (Rúben Micael, 63m); Belluschi (Varela, 46m), Mariano e Orlando Sá.

Suplentes: Beto, Addy, Claro e Falcao.

Treinador: Jesualdo Ferreira.

ACADÉMICA

Ricardo; Pedrinho, Berger (Cris, 83m), Orlando e Emídio Rafael; Nuno Coelho, Tiero e Diogo Gomes; João Ribeiro, Sougou (Lito, 69m) e Vouho.

Suplentes: Rui Nereu, Amoreirinha, Pedro Costa, Bru e Hélder Cabral.

Treinador: André Villas Boas.

Disciplina: Cartão amarelo para Alvaro Pereira (25m), Vouho (45m), Guarín (55m), João Ribeiro (79m), Ricardo (89m), Pedrinho (90+2m).

Ao intervalo: 0-0.

Golos: 1-0, Mariano (81m)


Nuno A.

Etiquetas:

1 comentários:

  • At 00:22, Anonymous mitic0 said…

    Muito boa análise.

    Como disse o João Ribeiro, «para a próxima fazemos melhor».

    cumps

     

Enviar um comentário

<< Home